RCCC tem novo editor científico

A partir de março de 2019, a Revista Catarinense da Ciência Contábil (RCCC) passa a ter um novo editor científico. O doutor Fernando Richartz substitui o doutor Luiz Alberton, que esteve à frente da RCCC desde 2014. Ambos são professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Sempre preocupado com a profissionalização do periódico, Alberton buscou adequar a RCCC aos padrões dos periódicos de alto impacto da área nos últimos anos. Como editor, ele foi responsável por grandes conquistas, como a elevação do conceito Qualis Capes da revista de B4 para B2, a implementação do DOI e a inclusão em diversos indexadores como SPELL, Redalyc, DOAJ, EBSCO, entre outros.

Além das conquistas já citadas, destacam-se ainda a adoção das normas da American Psychological Association (APA) nas citações e referências bibliográficas, a implementação da revista também na língua inglesa e, mais recentemente, a alteração da periodicidade, que passou de quadrimestral para publicação contínua.

“Sentimento de dever cumprido. O trabalho foi muito satisfatório, conseguimos atingir os objetivos propostos quando assumimos a revista. Recebemos a revista com conceito B4 Qualis Capes, em versão impressa e com aproximadamente 50 avaliadores, em 2019 chegamos a 200. A quantidade de artigos foi aumentando ano após ano, com virtualização da Revista, sendo 41 artigos em 2012 e 170 em 2018”, avaliou Alberton.
“As estratégias foram sendo replanejadas e implementadas ano após ano, e em 2019 mudamos a forma de publicação de artigos. A revista está sendo preparada para se submeter à indexação dos principais indexadores para galgar novos conceitos Qualis Capes e para tornar o fator de impacto da RCCC mais alto”, acrescentou o professor que deixa a editoria da RCCC.
Agora, o novo editor, o professor doutor Fernando Richartz, quer manter a qualidade já reconhecida da RCCC. Ele destacou o trabalho realizado pelos últimos editores e quer buscar melhorar ainda mais a qualificação da revista.

“É um novo desafio. É um prazer atender ao convite do presidente do CRCSC. É uma das revistas que mais cresce nos últimos anos. O trabalho dos últimos editores elevou o patamar da publicação e agora o desafio é manter a qualidade e tentar elevar para o patamar de B1. É uma revista que representa todos os profissionais, representa todo o estado. Precisamos indexá-la em novas bases de dados para, nos próximos anos, elevar para B1 e, quem sabe, até A2”, avaliou o novo Editor, destacando o trabalho conjunto realizado na RCCC.

“A equipe editorial dá todo o suporte para esse trabalho. Lembro da revista se tornando referência, elevando seu status, e agora temos que buscar dar novos degraus. O trabalho de uma revista só acontece com a colaboração de muitas pessoas. Se quisermos subir ainda mais, precisamos contar com a contribuição de todos os envolvidos: Conselho Editorial, Avaliadores e apoio do Conselho. Desde já quero agradecer ao trabalho de todos. Sem eles não conseguimos nada”, concluiu Richartz.