Custos na prestação de serviço público de saúde do município de São João do Oeste - SC: um estudo empírico - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v7n19p33-46

Marino Luiz Eyerkaufer, Marines Lucia Boff, José Leônidas Olinquevitch, Judite Rasch Bracht Gauer

Resumo


Objetiva-se identificar o custo da prestação de serviço público do transporte de pacientes para fora do Município da Secretaria da Saúde de São João do Oeste – SC, visando concluir pela sua manutenção sob responsabilidade direta do município, ou então, pela sua terceirização. Trata-se de um estudo teórico e
empírico, que se caracteriza como descritivo e quantitativo. Por meio de coleta documental, chegou-se aos dados numéricos municipais, como viagens realizadas, pacientes transportados, veículos utilizados neste transporte e mão-de-obra direta e indireta, envolvidas neste tipo de prestação de serviço nos meses de abril, maio, junho e julho de 2006. Aplicou-se questionário às empresas do setor, interessadas em prestar o serviço de forma terceirizada. Para atender ao objetivo proposto e dar sustentação ao tema, buscou-se na literatura conceitos de: contabilidade, contabilidade de custo, análise de custos, prestação de serviços, sistemas de custo, métodos de custeio, contabilidade pública, serviços públicos, terceirização, terceirização no setor público e saúde pública. Conclui-se, por meio da pesquisa, que o custo da prestação do serviço público de transporte de pacientes da Secretaria Municipal de Saúde de São João do Oeste - SC é elevado, porém, está abaixo do custo orçado para a terceirização, devendo a municipalidade  optar pela manutenção do serviço.

 


Palavras-chave


Gestão de Custos; Custos de Transportes; Serviços Públicos

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional