Práticas de responsabilidade socioambiental nas empresas de capital aberto de Santa Catarina listadas na BM&FBOVESPA - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v14n42p70-84

Daniela Di Domenico, Sady Mazzioni, Clesia Ana Gubiani, Neli Bastezini Kronbauer, Leonir Vilani

Resumo


Este artigo tem como objetivo identificar as práticas de ações de responsabilidade social corporativa das sociedades anônimas de capital aberto de Santa Catarina listadas na BM&FBovespa. A justificativa da pesquisa está atrelada à influência da evidenciação dessas informações para os investidores, pesquisadores e usuários das informações ambientais. Quanto aos procedimentos metodológicos o estudo caracteriza-se como exploratório quanto aos objetivos, documental em relação aos procedimentos e a abordagem do problema é predominantemente qualitativa. As empresas que fazem parte da amostra são: BRF S.A., BUETTNER S.A., CASAN, KARSTEN S.A e WEG S.A. Foram várias as práticas de responsabilidade social e ambiental evidenciadas, mas se pode identificar que todas têm como objetivo divulgar a empresa, além do objetivo principal da ação realizada. É possível destacar as principais práticas como sendo as ações e cuidados para o consumo consciente da água e energia, usando fontes que não sejam prejudiciais ao meio ambiente. Outra ação em destaque é o cuidado com a destinação dos resíduos sólidos e líquidos, gerados nos processos operacionais das empresas. A preocupação com a poluição da atmosfera também é evidente, por ser um dos principais problemas ambientais na atualidade.


Palavras-chave


Sustentabilidade ambiental; Responsabilidade socioambiental; Ações e práticas socioambientais.

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional