Avaliação de Desempenho de Controllers em Empresas com Sistemas de Remuneração por Recompensa - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v14n43p21-37

Iago França Lopes, Ilse Maria Beuren, Iara do Rocio Barros Dametto

Resumo


Este estudo objetiva identificar  a forma de avaliação de desempenho utilizada para os controllers em empresas que adotam sistemas de remuneração por recompensa. Foi realizada pesquisa descritiva a partir de um levantamento, tendo como população as 58 empresas localizadas na cidade de Curitiba/PR que participaram do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação (NAGI), programa patrocinado pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), executado no Estado do Paraná pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial  (SENAI). A amostra por acessibilidade compõe-se dos respondentes do questionário e aos dados coletados foi aplicada estatística descritiva. Os resultados da pesquisa evidenciam características da avaliação de desempenho das empresas, composição da remuneração dos controllers e sistemática de remuneração variável dos controllers. Conclui-se que a forma de avaliação de desempenho mais praticada pelas empresas da amostra que adotam sistema de remuneração variável é a participação nos lucros, e que a motivação para a sua implementação sob o ponto de vista dos controllers é indiferente. Esse resultado instiga pesquisas para averiguar em que medida a sistemática de avaliação de desempenho pode contribuir à minimização do conflito de agência, na perspectiva da liberdade dos controllers em termos de subordinação hierárquica.

Palavras-chave


Avaliação de desempenho; Remuneração por recompensa; Controllers.

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional