Análise de Eficiência: uma comparação das empresas estatais e privadas do setor de energia elétrica brasileiro - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v15n46p9-23

Alex Correa, Marines Taffarel, Flávio Ribeiro, Gelson Menon

Resumo


O setor de energia elétrica brasileiro passou por inúmeras transformações ao longo dos anos, especialmente com a privatização de várias empresas estatais na década de 90. Esse fato culminou na maior importância e atuação dos órgãos reguladores do setor, na busca por garantir qualidade, continuidade e o acesso desses serviços a toda população. Tendo em vista a expressiva participação de empresas privadas no setor de energia elétrica, a presente pesquisa tem por objetivo verificar se existe diferença entre a eficiência econômico-financeira das empresas estatais em relação às empresas privadas que atuam no setor. Os procedimentos metodológicos caracterizam a pesquisa como bibliográfica e documental, com abordagem quantitativa dos dados. Para tanto, após a construção dos indicadores contábil-financeiros, foi realizada a análise de eficiência das empresas por meio da metodologia de Análise Envoltória de Dados (DEA). Os resultados mostraram que apesar de haver uma oscilação diferenciada dos coeficientes de eficiência das empresas estatais em relação às empresas privadas, essa diferença não apresenta significância estatística. Indica que as empresas estatais e as empresas privadas do setor elétrico brasileiro apresentam eficiência econômico-financeira assemelhada.


Palavras-chave


Análise de eficiência; Empresas estatais e privadas; Indicadores financeiro-econômicos.

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional