Proposta de Indicadores de Performance sob a Perspectiva do Balanced Scorecard: o caso de uma cooperativa de crédito - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v11n31p9-22

Autores

  • Bianca Thais Hubner Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (SC)
  • Sirlei Salete Tiecker Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (SC)
  • Mara Jaqueline Santore Utzig Universidade Regional de Blumenau - FURB(SC)
  • Cristian Baú Dal Magro Universidade Regional de Blumenau - FURB(SC)
  • Jadir Roberto Dittadi Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (SC)
  • Carlos Eduardo Facin Lavarda Universidade Regional de Blumenau - FURB(SC)

Palavras-chave:

Balanced Scorecard, Indicadores de desempenho, Cooperativas de Crédito.

Resumo

O estudo teve por objetivo propor um conjunto de fatores que podem se constituir em indicadores de desempenho sob a perspectiva do BSC em uma cooperativa de crédito. Quanto aos procedimentos metodológicos, a pesquisa classifica-se como descritiva, do tipo levantamento e abordagem quantitativa do problema. A população de pesquisa foram os agentes que se relacionam com a cooperativa de crédito: gerentes, administradores, contador, controller, clientes e colaboradores. A amostra resultou em 50 respondentes para a perspectiva clientes, 10 para a perspectiva financeira, 40 para aprendizado e crescimento e de processos internos. Os dados foram coletados por meio de questionário para captar os fatores ligados às quatro perspectivas do BSC e, posteriormente, validados em uma segunda rodada de questionários. O estudo mostrou que a cooperativa de crédito deverá desenvolver esforços para atender aos clientes e incentivar os colaboradores, afim de que a organização continue desenvolvendo com sucesso suas atividades. Conclui-se que a organização necessita, também, avaliar a qualidade dos produtos e serviços financeiros oferecidos, bem como a satisfação dos clientes, acompanhando não só os indicadores financeiros, mas também os indicadores não-financeiros.

Biografia do Autor

Bianca Thais Hubner, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (SC)

Bacharel em Ciência Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Campus aproximado de Maravilha). Atua em uma cooperativa de crédito, na área contábil.

Sirlei Salete Tiecker, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (SC)

Contadora e Especialista em Gestão Empresarial e em Auditoria de Gestão e Perícia Contábil pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC. Mestranda do curso de pós-graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Regional de Blumenau - FURB. Atualmente é professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC, campus São Miguel do Oeste, Maravilha, Pinhazinho e Xanxerê. Possui experiência na área contábil atuando em empresas de pequeno, médio e grande porte com a prestação de serviços contábeis e consultoria nas áreas tributária e controladoria há 10 anos.

Mara Jaqueline Santore Utzig, Universidade Regional de Blumenau - FURB(SC)

Contadora. Registro: SC-025562/O

Cristian Baú Dal Magro, Universidade Regional de Blumenau - FURB(SC)

Contador com Pós-Graduação em Contabilidade Gerencial e Estratégica pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó - UNOCHAPECÓ. Mestrado em Ciências Contábeis pela Universidade Regional de Blumenau - FURB. Atua profissionalmente nas áreas Fiscal, Contábil e auditoria. - Registro: SC-031241/O

Jadir Roberto Dittadi, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (SC)

Contador com pós-graduação em Controladoria e Finanças pela UNOESC. Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS na área de concentração: Contabilidade e Controladoria. Atualmente é professor titular do Curso de Ciências Contábeis da Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus de São Miguel do Oeste e Coordenador do Curso de Pós-Graduação. Possui experiência nas áreas de Controladoria, Planejamento Tributário e Orçamento Empresarial. Desde Julho de 2010, atua como colaborador junto a equipe de contadores do Grupo Dass, empresa especialista em gestão de marcas de material esportivo. - Registro: SC-22083/O

Carlos Eduardo Facin Lavarda, Universidade Regional de Blumenau - FURB(SC)

Doutor em Contabilidade pela Universidade de Valência (Espanha, 2008). Mestrado em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2004) . Professor do Departamento de Contabilidade na Universidade Regional de Blumenau, FURB, SC, no Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis (PPGCC), Mestrado em Ciências Contábeis e Doutorado em Ciências Contábeis e Administração.

Downloads

Como Citar

Hubner, B. T., Tiecker, S. S., Utzig, M. J. S., Dal Magro, C. B., Dittadi, J. R., & Lavarda, C. E. F. (2012). Proposta de Indicadores de Performance sob a Perspectiva do Balanced Scorecard: o caso de uma cooperativa de crédito - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v11n31p9-22. Revista Catarinense Da Ciência Contábil, 11(31), p. 09–22. Recuperado de https://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/1255

Edição

Seção

Artigos