Análise Discriminante como Preditiva de Dificuldades Financeiras em Empresas Brasileiras do Mercado Acionário - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v12n36p38-52

Autores

  • Silvio Aparecido Teixeira Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)
  • Sady Mazzioni Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)
  • Marcelo da Silva Mello Dockhorn Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)
  • Nelson Hein Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)

Palavras-chave:

Indicadores econômico-financeiros, Dificuldades financeiras, Análise discriminante.

Resumo

Verificar a situação econômico-financeira de uma empresa pressupõe a análise conjunta de suas demonstrações contábeis, no intuito de prever as condições futuras de gerar resultados e de honrar seus compromissos. O presente artigo tem como objetivo estimar funções discriminantes para os grupos de empresas lucrativas, intermediárias e deficitárias, listadas na BM&FBOVESPA, no período de 2009 a 2011. Os procedimentos metodológicos utilizados caracterizam o estudo como pesquisa descritiva, documental e quantitativa. Os dados utilizados foram coletados do banco Economática®. As empresas pertencentes ao setor financeiro e de serviços não foram consideradas na análise e aquelas que não apresentaram os dados requeridos foram excluídas, resultando em uma amostra de 255 organizações. A análise dos dados foi efetuada com o uso do software SPSS®, tendo como variável de reunião os três grupos de empresas e como variáveis explicativas os indicadores econômico-financeiros de liquidez, rentabilidade e estrutura de capital. A análise dos dados permitiu identificar a existência de separação entre os grupos, apontando a Composição do Endividamento como a variável que melhor representa essa separação. Duas funções foram criadas. A primeira delas que segrega as empresas lucrativas das intermediárias, apresentou alta capacidade para demonstrar as diferenças entre os grupos. A segunda função discriminante representou apenas o poder residual para segregação entre as empresas intermediárias e as deficitárias.

Biografia do Autor

Silvio Aparecido Teixeira, Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)

Doutorando em Ciências Contábeis e Administração pela FURB-SC. Coordenador e professor de graduação e pósgraduação UEL e PUCPR, sócio da FORTCON Auditoria e Contabilidade.
Registro CRC: PR-29019/O

Sady Mazzioni, Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)

Coordenador do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ. Doutorando em Ciências Contábeis e Administração - Universidade Regional de Blumenau - FURB.
Registro CRC: SC-019891/O

Marcelo da Silva Mello Dockhorn, Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)

Coordenador e Professor do Curso de Administração da Faculdade Dom Alberto (Santa Cruz do Sul, RS). Doutorando em Ciências Contábeis e Administração - Universidade Regional de Blumenau - FURB.

Nelson Hein, Universidade Regional de Blumenau – FURB (SC)

Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC) da Universidade Regional de Blumenau - FURB.

Downloads

Como Citar

Teixeira, S. A., Mazzioni, S., Dockhorn, M. da S. M., & Hein, N. (2013). Análise Discriminante como Preditiva de Dificuldades Financeiras em Empresas Brasileiras do Mercado Acionário - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v12n36p38-52. Revista Catarinense Da Ciência Contábil, 12(36), p. 38–52. Recuperado de https://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/1812

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>