O CONTABILISTA COMO MEDIADOR NO PROCESSO COGNITIVO - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v1n3p28-35

Autores

  • Maria Elisabeth Pereira Kraemer

Resumo

O cenário sócio-econômico atual vem sofrendo uma série de
transformações nos últimos anos que o diferencia de épocas passadas. Dentre as principais características, se destacam a globalização dos mercados, a formação de blocos regionais e o comércio preferencial entre países. Neste sentido, está surgindo uma nova profissão ligada ao mundo dos negócios e, mais especificamente, à Contabilidade. Esses novos profissionais, que serão denominados "Cognitores", de acordo com o Conselho Federal de Contabilidade, deverão ter a capacidade de proporcionar uma compreensão estratégica dos negócios que venha a complementar os conhecimentos já existentes. Esta nova e diferente profissão não vai simbolizar apenas um conjunto de conhecimentos ou de habilidades, mas vai dar ênfase à integração do conhecimento, necessária para atender a pessoas e negócios na economia de informação. Esta iniciativa tem objetivo de criar uma designação profissional moderna, de objetivo global e focalizada na integração de conhecimentos que criam valores econômicos.

Biografia do Autor

Maria Elisabeth Pereira Kraemer

Contadora, CRC/SC nO 11.170. Professora e membro da equipe de Ensino e Avaliação na pró-Reitoria de Ensino da UNIVALI - Universidade do Vale do Itajaí. Mestre em relações Econômicas Sociais e Internacionais pela Universidade do Minho-Portugal. Doutoranda em Ciências Empresariais pela Universidade do Museu Social da Argentina.
Agradecimento ao professor Dr. Antônio Lopes de ,Sá, pelas proveitosas sugestões oferecidas.

Downloads

Publicado

27/09/2011

Como Citar

Kraemer, M. E. P. (2011). O CONTABILISTA COMO MEDIADOR NO PROCESSO COGNITIVO - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v1n3p28-35. Revista Catarinense Da Ciência Contábil, 1(3), p. 28–35. Recuperado de https://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/984

Edição

Seção

Artigos