Uma Análise Comparativa dos Indicadores Financeiros da Petrobras por Meio da Avaliação da Demonstração dos Fluxos de Caixa do Período de 2005 a 2007 - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v8n22p43-58

Letícia Goulart dos Santos, Claudio Roberto Morales dos Santos, Alexandre Costa Quintana

Resumo


Uma das principais mudanças ocorridas no cenário atual foi a aprovação da Lei 11.638/07, que, entre outras alterações, determina a substituição da Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos – DOAR pela Demonstração dos Fluxos de Caixa – DFC. Essa, mudança é considerada benéfica para os investidores e usuários da informação por ser considerada de linguagem mais simples e clara. O objetivo do presente estudo é demonstrar a situação financeira da empresa Petrobras, no período de 2005, 2006 e 2007, por meio da análise dos indicadores vinculados à Demonstração dos Fluxos de Caixa, que avaliam a liquidez. Uma ferramenta ainda pouco utilizada pelos acionistas são alguns indicadores que facilitam a interpretação da situação financeira da empresa por meio do fluxo de caixa. Os índices foram classificados em quatro grupos, relacionados à cobertura do caixa, à qualidade do resultado, ao dispêndio de capital e ao retorno do fluxo de caixa. Esses têm o propósito de avaliar desde a capacidade de pagamento até as taxas de retorno de caixa. Em termos metodológicos, a pesquisa caracteriza-se, quanto os objetivos, como um estudo descritivo, e, quanto aos procedimentos, como um estudo de caso. Por meio deste estudo pode-se por fim demonstrar a importância dessa análise comparativa para que os envolvidos tenham uma visão mais profunda da verdadeira situação da empresa e das condições de continuidade do seu negócio.

Palavras-chave


Demonstração dos fluxos de caixa; Indicadores financeiros; Sociedades anônimas

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional