A relevância do cliente para um escritório de contabilidade: uma abordagem à compreensão do capital intelectual - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v10n28p41-57

Thiago Souza Sena, Sergio Murilo Petri

Resumo


A proposta deste artigo é evidenciar o impacto do cliente para um escritório de contabilidade, a relevância do cliente para um escritório de contabilidade à luz da concepção do capital intelectual, direcionando-o para uma das partes que o compõem, que é o capital de clientes. Diante dessa premissa, abordou-se sobre capital intelectual, sua composição e os principais modelos de mensuração. Este estudo é de caráter teórico-prático. Para tal, além da plataforma teórica, realizou-se um estudo de caso em uma empresa de prestação de serviços contábeis, em que se aplicou o método proposto por K. E. Sveiby. Como procedimento metodológico, utilizou-se o estudo de caso, por se tratar de uma aplicação em um escritório de contabilidade apenas. Os resultados obtidos demonstraram que a empresa de prestação de serviços contábeis identificou os clientes considerados: (i) estratégicos, em caso de um desses deixar de ser cliente afeta a outros clientes; (ii) táticos, pelo fato de o escritório não desenvolver estratégias para atrair novos clientes, alguns poucos que aparecem são resultados de indicações de outros clientes; (iii) operacionais, pode-se considerar aqueles clientes cativos que geram grande quantidade de serviços, mas que, se viessem a sair, o escritório não sofreria prejuízo e (iv) o programa de desenvolvimento de medição dos clientes, que, no momento, identificou quais suas metas para o futuro e que ações poderiam ser tomadas para alcançar tais objetivos.

Palavras-chave


Capital Intelectual; Capital de Clientes; Contabilidade.

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional