Sistema Público de Escrituração Digital - Sped: um estudo nos escritórios de contabilidade no munícipio de Pinhalzinho/SC - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v8n23p73-92

Marciane Maria Mahle, Alex Fabiano Bertollo Santana

Resumo


O artigo objetiva verificar o nível de percepção para a implantação do Sistema Público de Escrituração Digital nos escritórios de contabilidade de Pinhalzinho/SC. A contabilidade está passando por diversas modificações, uma destas é o SPED, um programa desenvolvido para que ela seja mais eficiente e controlada pelos entes interessados. A metodologia empregada na pesquisa é descritiva aplicada, do tipo levantamento, com abordagem quantitativa. De um universo de 16 escritórios de contabilidade em Pinhalzinho/SC, pesquisou-se uma amostra de 12 estabelecimentos, registrados na Associação Comercial e Prefeitura do Município e que estão em funcionamento. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi um questionário estruturado com perguntas abertas e fechadas, o qual foi aplicado pelos pesquisadores em agosto de 2009. Os resultados demonstram que os escritórios são pequenos, com poucos clientes obrigados ao sistema. Verifica-se a percepção, na opinião dos contabilistas, quanto ao programa. Conclui-se que os contadores estão cientes da gradual implantação do SPED e estão buscando orientação.

Palavras-chave


Sistema Público de Escrituração Digital; Percepção; Progressiva Implantação; SPED

Texto completo:

PDF


Revista Catarinense da Ciência Contábil, Florianópolis, SC, Brasil. ISSN: 2237-7662


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional