Fatores de socialização antecipatória: um estudo com alunos de ciências contábeis

Edenise Aparecida dos Anjos, Edicreia Andrade dos Santos, Ivanildo Viana Moura, Lauro Brito de Almeida, Rogério João Lunkes

Resumo


Motivação, percepção do ambiente, envolvimento e compromisso profissional caracterizam-se como elementos sociáveis de um indivíduo. Nesse contexto, este estudo investiga os fatores de socialização antecipatória de estudantes universitários de Contabilidade de duas universidades federais do estado do Paraná, sob a sustentação conceitual e metodológica do modelo de Astin. Os dados foram coletados por meio de um questionário adaptado do estudo de Ahmad, Anantharaman e Ismail (2012), aplicado a 71 alunos concluintes da graduação no ano de 2016, e foram tratados com as técnicas estatísticas de análise descritiva e de Modelagem de Equações Estruturais via Partial Least Square (PLS). Os achados da pesquisa sugerem que os fatores de motivação e de percepção de ambiente não impactam de forma estatisticamente significativa no envolvimento e, por consequência, no compromisso profissional. Contudo, confirmou-se que a motivação afeta de forma positiva e significativa o comprometimento profissional. Com isso, os resultados instigam pesquisas futuras para incluir outras características cognitivas dos alunos, as quais possam influenciá-los frente ao compromisso profissional.

Palavras-chave


Motivação; Percepção de ambiente; Envolvimento; Compromisso profissional.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Ahmad, Z., Anantharaman, R. N., & Ismail, H. (2012). Student’s motivation, perceived environment and professional commitment: An application of Astin’s College Impact Model. Accounting Education, 21(2), 187-208.

Ardts, J., Janse, P., & Van der Velde, M. (2001). The breaking in of new employees: Effectiveness of socialization tactics and personnel instruments. The Journal of Management Development, 20(2), 159-167.

Astin, A. W. (1993). Assessment for excellence: The philosophy and practice of assessment and evaluation in higher education. The Journal of Higher Education, 63(6), 717-720.

Astin, A. W. (1984). Student involvement: A developmental theory for higher education. Journal of College Student Personnel, 25(4), 297-308.

Baccaro, T. A. (2007). Influência da escolha vocacional no processo de socialização profissional de estudantes de enfermagem. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Economia e Administração e Contabilidade de Ribeiro Preto, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil.

Baccaro, T. A., & Shinyashiki, G. T. (2011). Consistência da escolha vocacional e socialização profissional de estudantes de enfermagem. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 12(1), 73-82.

Barros, I. M. D. C. (2011). Contributo para a compreensão do processo de (re) construção da identidade profissional no contexto da formação inicial: estudo em estudantes estagiários de educação física. Dissertação de Mestrado, Universidade do Porto, Faculdade de Desporto, Porto, Portugal.

Bastos, V. B., A., & Andrade, J. E. B. (2002). Comprometimento com o trabalho: padrões em diferentes contextos organizacionais. Revista de Administração de Empresas, 42(2), 1-11.

Bido, D., Silva, D., Souza, C. A., & Godoy, A. S. (2010). Mensuração com indicadores formativos nas pesquisas em administração de empresas: como lidar com a multicolinearidade entre eles? Administração: Ensino e Pesquisa, 11(2), 245-269.

Borges, E., & Medeiros, C. (2007). Comprometimento e ética profissional: um estudo de suas relações junto aos contabilistas. Revista de Contabilidade e Finanças, 18(44), 60-71.

Cooper, D. R. & Schindler, P. S. (2003). Métodos de Pesquisa em Administração (7a ed.). Porto Alegre: Bookman.

Dubar, C. (2003). A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. São Paulo: Martins Fontes.

Elias, R. Z. (2006). The impact of professional commitment and anticipatory socialization on accounting students’ ethical orientation. Journal of Business Ethics, 68(1), 83-90.

Elias, R. Z. (2007). The relationship between auditing student’s anticipatory socialization and their professional commitment. Academy of Educational Leadership Journal, 11(1), 81.

Elias, R. Z. (2008). Auditing student’s professional commitment, anticipatory socialization, and their relationship to whistleblowing, Managerial Auditing Journal, 23(3), 283-294.

Everett, J., & Tremblay, M. S. (2014). Ethics and internal audit: Moral will and moral skill in a heteronomous field. Critical Perspectives on Accounting, 25(3), 181-196.

Farag, M. S., & Elias, R. Z. (2016). The relationship between accounting students personality, professional skepticism and anticipatory socialization. Accounting Education, 25(2), 124-138.

Fornell, C. & Larcker, D. F. (1981). Structural equation models with unobservable variables and measurement error: Algebra and statistics. Journal of marketing research, 382-388.

Hair, J. F., Jr., Black, W. C., Babin, B. J., Anderson, R. E., & Tatham, R. L. (2009). Análise multivariada de dados (6a ed.). Porto Alegre: Bookman.

Klem, L. (2006). Structural equation modeling. In Grimm, L. G. & Yarnold, P. R. (Eds.). Reading and understanding more multivariate statistics. Washington: American Psychological Association.

Krug, R. R., & Krug, H. N. (2008). As gratificações e frustrações da docência em Educação Física Escolar para os acadêmicos do CEFD/UFSM em situações de estágio. Revista Digital Lecturas: Educación Física y Deportes, 13(125), 1-10.

Low, M., Davey, H., & Hooper, K. (2008). Accounting scandals, ethical dilemmas and educational challenges. Critical perspectives on Accounting, 19(2), 222-254.

Mahdavikhou, M., & Khotanlou, M. (2012). New approach to teaching of ethics in accounting introducing Islamic ethics into accounting education. Procedia-Social and Behavioral Sciences, 46, 1318-1322.

Mastracchio, N. J. (2005). Teaching CPAs about serving the public interest. The CPA

Journal 76, 6.

Murray, M. C. (2006). Reframing Responsibility for Academic Success: A Causal Model Measuring the Impact of Student Attributes in the First Year of College. Ph.D. Dissertation, Faculty of the Graduate School of the Maryland, College Park, USA.

Pascarella, E. T. & Terenzini, P. T. (2005). How college affects students: A third decade

of research. San Francisco: Jossey-Bass Publishers.

Pitney, W. A. (2002). The professional socialization of certified athletic trainers in high school settings: A grounded theory investigation. Journal of Athletic Training, 37(3), 286-292.

Ringle, C. M., Silva, D., & Bido, D. (2014). Modelagem de equações estruturais com utilização do SmartPLS. Revista Brasileira de Marketing, 13(2) 56-73.

Santos, P. V. S. (2013). Adaptação à universidade dos estudantes cotistas e não cotistas: relação entre vivência acadêmica e intenção de evasão. Dissertação Mestrado, Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil.

Setyadi, E. J. (2008). The relationship between professional commitment and socialization to repress the orientation of the Ethics of Accounting Students. Diponegoro University, Jawa Tengah, Indonésia.

Schleich, A. L. R. (2006). Integração a educação superior e satisfação acadêmica de estudantes ingressantes e concluintes: um estudo sobre relações. Dissertação de Mestrado de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, Brasil.

Saat, M. M., Porter, S., & Woodbine, G. (2012). A longitudinal study of accounting students’ ethical judgment making ability. Accounting Education, 21(3), 215–229.

Shinyashiki, G. T., Mendes, I. A. C., Trevizan, M. A., & Day, R. A. (2006). Professional socialization: students becoming nurses. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 14(4), 601-607.

Smith, L. M. (2003). A fresh look at accounting ethics (or Dr. Smith goes to Washington). Accounting Horizons, 17(1), 47-49.

Waugaman, W. R., & Lohrer, D. J. (2000). From nurse to nurse anesthetist: The influence of age and gender on professional socialization and career commitment of advanced practice nurses. Journal of Professional Nursing, 16(1), 47-5.

Weidman, J. C., Twale, D. J., & Stein, E. L. (2001). Socialization of Graduate and Professional Students in Higher Education: A Perilous Passage? ASHE-ERIC Higher Education Report, Volume 28, Number 3. Jossey-Bass Higher and Adult Education Series. Jossey-Bass, Publishers, Inc., 350 Sansome Street, San Francisco, CA 94104-1342.




DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v17n52.2601

Revista Catarinense da Ciência Contábil – CRCSC, Florianópolis, SC, Brasil. eISSN: 2237-7662, ISSN: 1808-3781


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional