A Contabilidade, o Novo Direito Empresarial e a Teoria Ultra Vires - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v3n5p7-16

Autores

  • Aderbal Nicolas Müller
  • Wilson Alberto Zappa Hoog

Resumo

O artigo apresenta a nova realidade em que se insere a Contabilidade, notadamente com a atualização da legislação, dada pela Lei 10.406/02, o Novo Código Civil, onde surge o desvelamento da teoria ultra vires. Algumas mudanças importantes surgem nesse cenário, envolvendo aspectos de contabilização e de responsabilidade dos responsáveis pela escrita contábil nas organizações. A exemplificação da interpretação dada e as referências a cada artigo da nova legislação estão explícitas no texto, que procura traduzir a mensagem deixada aos profissionais da área pelo legislador, nas entrelinhas do texto legal. A interpretação da teoria ultra vires, dentro do Novo Código Civil, pode auxiliar em muito o assessoramento contábil para os gestores das empresas.

Biografia do Autor

Aderbal Nicolas Müller

M.Sc., Doutorando em Gestão de Negócios; Mestre em Ciências Sociais Aplicadas; Perito Judicial; Professor e Coordenador do Curso de Ciências Contábeis da FAE Business School; Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Contabilidade Gerencial e Auditoria e de Controladoria da FAE Business School; Diretor da Câmara Setorial de Serviços de Perícia do SESCAP/PR e co-autor do livro Auditoria das Organizações da Editora Atlas (2001).

Wilson Alberto Zappa Hoog

Mestre em Direito Profissionalizante em Gestão Empresarial pela UNIVALI - SC; Perito Contador; Consultor e pesquisador de matéria contábil; Professor de perícia contábil; Diretor da Câmara Setorial de Serviços de Perícia do SESCAP/PR e co-autor do livro Prova Pericial Contábil: Aspectos Práticos & Fundamentais da Editora Juruá (2002).

Downloads

Publicado

27/09/2011

Como Citar

Müller, A. N., & Hoog, W. A. Z. (2011). A Contabilidade, o Novo Direito Empresarial e a Teoria Ultra Vires - DOI: http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v3n5p7-16. Revista Catarinense Da Ciência Contábil, 3(5), p. 07–16. Recuperado de https://revista.crcsc.org.br/index.php/CRCSC/article/view/995

Edição

Seção

Artigos